Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

* Que tipo de pessoas são vocês? *

livros.jpgEu sou das que usam marcadores. Pode ser um papel qualquer, desde um pacote de açucar, uma pétala de flor, uma folha de árvore que ache gira, um envelope ou até uma fatura de uma cena qualquer que já tenha sido paga (giro este, não é?).

 

Sempre me fez confusão, impressão livros com pontas de capa dobradas e amachucadas e jamais dobrei uma ponta de uma folha de um livro. Há quem sublinhe livros com cores, escrevinhe a caneta por todo o lado e até faça desenhinhos. Eu não. Mesmo quando andava na Universdade, na quantidade de livros que tive de ler e estudar nunca encostei uma caneta. Se tive de sublinhar, fi-lo com lápis, se tive de fazer anotações, fi-lo com lápis. Quanto às capas, estiveram sempre protegidas por um forro de um papel giro ou de um celofane.

 

Eu sou assm, sou comichosa com estas minhas coisas. Às vezes custava-me emprestar os meus livros a amigas porque sabia que eles não voltariam como o meso tratamento com que tinham saído das minhas mãos. Para mim, livros sao tesouros e, assim sendo, trato-os o melhor que posso e com o valor e respeito que me merecem. 

 

{ ainda do Dia do Pai: havia necessidade? }

Assim a frio, no rescaldo do Dia do Pai, questiono-me:

 

Havia necessidade de escarrapachar pelas redes sociais afora fotos dos paizinhos com os seus filhotes de forma explícita, mostrando as caras?

 

Ele é filhos e filhas a dar abracinhos ou beijinhos ao papá (mas nunca ao contrário). Depois não se queixem disto e daquilo. Pessoalmente não concordo nada com isto. A sentir necessidade de mostrar uma ligação com o meu filho (que não tenho), porque não uma foto das mãos dadas, por exemplo?

 

Questiono-me ainda: quantos daqueles pais não estão ali só para a foto? Para mostrar aos outros (sim, porque muita gente funciona segundo o que os outros pensam) que amam muitos os seus filhos mas que fora deste dia não têm cinco minutos para brincar com eles, ler um livro, estar abraçadinhos a ver TV, por exemplo. Ou só estar, sem fazer nada, só dar beijinhos e abracinhos. Parece-me que o tablet é, neste momento, o pai ou mãe das nossas crianças porque educar dá trabalho, mimar não temos tempo e dar atenção muito menos.

 

Amem, mimem e deliciem-se com os vossos filhos porque eles merecem!

fd.jpg

 

Acerca do meu Eu.

Que eu encontre dentro de mim as doses de amor que preciso, para viver todos os dias com a certeza que sou feita de sentimentos bons, e se porventura algo amargar, que eu feche os olhos e retorne para dentro outra vez até que adoce novamente. 


Scheila A. Hinnah

Sempre fui educada/ensinada a cultivar os bons sentimentos, a ser amiga dos outros, a amar, a respeitar, a ser confidente. Outros sentimentos pouco nobres só vim a ter contacto com eles já bem tarde, quando comecei a perder alguma inocência e, mais tarde ainda, com os pontapés com que a vida me tem presenteado.


Ao encontrar esta frase, identifiquei-me de imediato com ela. De forma alguma quero ser outra pessoa que não a que sou. Não quero o meu coração ocupado com amarguras, com coisas que não fazem parte da minha essência. Mas se isso acontecer, recolho a mim e só voltarei quando reencontrar a minha essência, o meu eu verdadeiro: ingénuo, sem maldade e sempre pronto para dar o amor que sinto cá dentro. 



Do Amor.

E ao fim do meu dia, eu vou querer estar com você. E vou querer te dizer as palavras que guardo muito secretamente e não cedo a ninguém, olhar para ti mais uma vez e perguntar se a realidade é tão bonita assim. Ao fim do meu dia, eu vou te abraçar antes de dormir e sentir que não importa a vida que me espera lá fora, eu estou feliz aqui com você.

Camila Costa

 

 


Happy Birthday, Love of my life!

Hoje é um dia muito especial, é o dia de aniversário do meu Amorzinho.

Gostaria que ele estivesse aqui comigo para o abraçar e beijar e dar-lhe muitos miminhos mas não é possível. A vida é assim.

Por isso, deixo aqui em palavras, o que lhe desejo: o sol de primavera sempre a iluminar a sua vida, muitos risos descontraídos e a serenidade de um céu azul.

Recebe os meus parabéns repletos do meu amor por ti.

Parabéns, nino adoradinho!

{#emotions_dlg.kiss}{#emotions_dlg.heart}

 

Do Carácter.

Há vários tipos de pessoas neste mundo, entre as quais encontramos as ingénuas e as que têm  duas caras. As pessoas ingénuas são, em regra geral, sonhadoras, sem maldade, frágeis, sensíveis, carentes e acreditam nos outros.

 

Já as que têm duas caras, são ambíguas, falsas, dissimuladas, têm ar de quem não faz mal a uma mosca, aliam-se áqueles cujo carácter se apresenta duvidoso, procuram descobrir as fragilidades de terceiros para depois os manipularem e usarem em proveito próprio.

 

Um dia destes, estava eu a trabalhar muito sossegadinha e começo a assistir, incrédula, a uma cena completamente inesperada (pelo menos para mim). Foi a primeira vez que vi a "estrela" a distribuir o seu brilho - digamos assim em vez de "atirar-se"- para cima da pessoa ingénua.

Creio que o meu queixo nessa altura me chegou aos pés. Eu estava a assistir uma cena surreal e nojenta. Recusei-me a continuar a testemunhar aquilo, até porque me estava a sentir deslocada, e saí dali. Eu estava deveras espantada ao ver ocomportamento da estrela. Com o comportamento da pessoa ingénua não fiquei, compreendi.

Não comentei o que vi com ninguém. Apenas fiquei desperta para o que eu não tinha visto até ali.

 

Passou-se algum tempo e mais algumas ocasiões em que estivémos todos juntos. E eu continuei a ver aquele distribuir de brilho para cima da pessoa ingénua... e não só! Eu já sabia que o arrogante se babava por loiras falsas mas daquela maneira, não! E é tão falso quanto ela: à frente da esposa mostra-se um "menino comportadinho" mas assim que se encontra à solta, é um garanhão. Mas dali eu espero tudo.

 

Não tenho nada a ver com o que a estrela faz, com o facto de ela lançar charme para cima dos homens todos para eles ficarem a babar por ela. Isso só diz respeito a ela e ao... marido! Ah pois é...

Mas que acho injustíssimo o que ela está a fazer à pessoa ingénua, acho. Ela não tem o direito de usar e abusar dessa pessoa, dos seus sentimentos e da sua demasiada boa vontade. A estrela não quer nada com ela a não ser subjugá-la às suas vontades, fazer mais uma conquista masculina e ela aceita isto porque é ingénua e está "perdidamente apaixonada", confidenciou. E a estrela já percebeu isso perfeitamente e acho que se ela tivesse a mínima consideração por ele, afastava-se para não o fazer sofrer. 

 

Não estou a fazer nenhum julgamento e nem a meter o nariz onde não sou chamada, estou apenas a manifestar aquilo que sinto pelo que vi.

Um bocadinho de sinceridade e respeito pelo outro nunca fez mal a ninguém. Mas parece-me que, neste caso, alguém desconhece o conceito sde "sinceridade" e "respeito".

*Post #2 de esclarecimento ao post "Confirma-se".